top of page
Buscar

TRADIÇÕES DE NATAL na Europa

Uma forte tradição do centro da Europa são os mercados de Natal, cheios de enfeites artesanais e impregnados com o aroma de bolachas de gengibre, castanhas assadas e bebidas quentes. A sua origem remonta ao século XVI, quando surgiram com o pretexto de as pessoas se reunirem num local mais acolhedor e se prepararem para os rigores do Inverno. Cada cidade dá o seu melhor para decorar as ruas e o resultado é uma atmosfera festiva que aquece o coração a qualquer um. Mas alguns países europeus têm algumas tradições diferentes de Portugal:

- Nos Países Baixos começa-se no dia 6 de dezembro, com o dia de São Nicolau. É quando muitos holandeses tradicionalmente celebram o Sinterklaas. Na noite anterior (conhecida como Véspera de São Nicolau), as crianças deixam os sapatos do lado de fora da porta do quarto. Se tiverem sido boazinhas, acordarão com um presente dentro do sapato. E, se se tiverem portado mal com um pedaço de carvão;

- Na Dinamarca, uma tradição que muitas famílias seguem é reunirem-se à volta da árvore em círculo após a refeição principal de Natal. Dão as mãos e cantam canções de Natal juntos (geralmente depois de alguns copos de vinho quente!);

- Na Suécia é costume escrever um pequeno poema do lado de fora de cada presente, dando a quem está a receber uma pista daquilo que está no interior;

- Na Alemanha, uma tradição natalícia muito antiga era colocar picles na árvore de Natal. Depois de a árvore estar completamente decorada, os pais escondiam um picle nos ramos para as crianças encontrarem na manhã de Natal. A criança com as melhores capacidades de detetive receberia um presente a mais;

- Na Hungria, é tradição fazer uma coroa de Natal com quatro velas. Todos os domingos de dezembro, acende-se uma vela. A última é tradicionalmente acesa na véspera de Natal, quando a árvore também é montada e toda decorada com doces.

| EDC

31 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page